No cotidiano agitado das mães, encontrar tempo para o autocuidado e a prática de exercícios geralmente é muito desafiador, principalmente para quem vive a maternidade solo, sem rede de apoio. Com a intenção de apoiar as mães nessa missão, convidamos a   instrutora da Bodytech Market Place Vanessa Chinellato, que também é mãe e especialista em saúde materna e atividade física durante a gravidez, para compartilhar  dicas valiosas. Vanessa enfatiza que se priorizar é essencial: “reserve um horário específico no dia para o exercício e inclua-o como parte fundamental da sua agenda”, explica a especialista. Além disso, aproveitar breves momentos, como pausas durante o dia, e envolver os filhos em atividades físicas, transforma o exercício em um momento de conexão familiar. Pequenas mudanças na rotina podem fazer uma grande diferença, trazendo benefícios tanto físicos quanto emocionais para as todas as mães.

Dicas de como incluir a atividade física na rotina

1. Priorize o exercício na agenda

O primeiro passo é integrar o exercício como uma prioridade na agenda. Reserve um horário específico para se exercitar, da mesma forma que faria para qualquer compromisso importante. Embora possa haver imprevistos, mantenha o compromisso consigo mesma.

2. Benefícios além da estética

Entenda que o exercício vai além da estética. Ele traz benefícios essenciais para tornar a maternidade mais leve e prazerosa, incluindo melhorias no sistema cardiorrespiratório, controle de peso pós-gestação, fortalecimento muscular para reduzir dores e prevenir lesões, além de proporcionar mais disposição, sono melhorado e menor estresse.

3. Adapte o exercício ao tempo disponível

Ajuste o tipo de exercício de acordo com o tempo disponível. Para dias corridos e estressantes, opte por atividades relaxantes como alongamento, meditação ou caminhada. Nos dias mais tranquilos, desafie-se com musculação, funcional, bike ou corrida.

4. Flexibilidade de local

Não se limite ao ambiente tradicional de academia. Treine em casa nos dias agitados e, nos momentos com mais disponibilidade, vá para a academia para desfrutar de um ambiente estimulante e social.

5. Envolva a família

Inclua a família nos treinos. Caminhadas, pedaladas e brincadeiras ao ar livre são formas divertidas de se exercitar juntos, fortalecendo laços familiares e aumentando a sensação de felicidade.

6. Descubra atividades que gosta

Encontre uma atividade física que seja prazerosa e cativante, como aulas de dança ou circuitos na academia. Quando você se diverte, é mais provável que se mantenha comprometida com o exercício.

7. Rede de apoio

Não hesite em pedir ajuda. Envolva familiares e deixe claro que esses momentos de autocuidado são cruciais para a sua saúde, beneficiando a todos no convívio familiar.

Com essas dicas, as mães podem integrar a atividade física à sua rotina de maneira realista e recompensadora. Lembre-se, pequenas mudanças podem fazer uma grande diferença na qualidade de vida e bem-estar geral. Permita-se esse tempo para você mesma e colha os benefícios que se estendem a toda a família.