Quando falamos de termogênicos, não faltam dúvidas e mitos. Afinal, existem maneiras naturais de aproveitar seus efeitos? O uso deles pode ser realmente útil para quem está querendo perder peso? Do que eles são feitos? Alessandra Luglio, nutricionista Bodytech, dá as respostas:

“Alguns alimentos possuem substâncias que influenciam na maneira como o corpo trabalha, estimulando um maior gasto energético. Esses alimentos são chamados de termogênicos e, aliados à uma alimentação equilibrada e à prática de atividade física, oferecem uma boa ajuda para o processo de emagrecimento.”

É importante notar que não estamos falando de suplementos prontos, mas sim de alimentos. Como são eles que fornecem as substâncias que potencializam a energia gasta nos exercícios, apenas incluindo-os regularmente na dieta pode fazer uma boa diferença nos treinos. “Os principais alimentos termogênicos são: pimenta vermelha, café e guaraná em pó, chá verde, gengibre, canela, óleo de coco e alimentos ricos em ômega 3, como salmão, sardinha, sementes de linhaça e de chia. Mas lembre-se: eles são apenas coadjuvantes que atuam como complemento aos treinos. Para alcançar seus objetivos, força de vontade sempre tem que ser o primeiro item da lista”, conclui a profissional.