*Por Rafael Duarte – Miramundos

No mundo do esporte, temos nossas almas alimentadas por exemplos de superação. Histórias de quem ultrapassou difíceis barreiras para alcançar algum sonho nos instigam e nos fazem ir além. Neste mês, um destes exemplos de vida já nos emociona antes mesmo do ‘fim’ do que chamamos de ‘objetivo’. O que revela que a magia não está relacionada à títulos ou linhas de chegada. Mas sim à jornada percorrida. Falo de Roman Romancini, empresário e montanhista de 39 anos, que há três anos sofreu um acidente durante um treino de bicicleta na descida da Floresta da Tijuca, no Rio de Janeiro. Na época ele estava prestes a escalar o Monte Everest, o mais alto do mundo. Sonho postergado.

De lá para cá foram duas cirurgias ortopédicas e uma oncológica. Pensam que 1,5kg de titânio que agora fazem parte do corpo dele alteraram seus sonhos? Pelo contrário. A montanha foi uma das forças que o levaram a lutar pela recuperação que ele conquistou depois de muita dedicação e auxílio de profissionais como fisioterapeutas, médicos e professores de educação física. Isso sem contar com o apoio da família e amigos, algo de extrema importância.

O sonho não acabou. Hoje Roman está no acampamento base do Everest. Aclimatando para, em algumas semanas, atacar o topo do mundo em sua melhor forma. “Estar pronto para embarcar e no dia seguinte ter que recomeçar a partir de uma cama de hospital foi uma dura e dolorosa lição de vida. A família foi fundamental nesta jornada. Somos capazes de ir muito além que imaginamos. Não houve um dia sequer nestes últimos 3 anos que eu não acordasse e pensasse em meus filhos. Não conseguir suportar a idéia de não poder brincar com o Vitor e a Giulia. No minuto seguinte olhava para o espelho e dizia para mim mesmo: “Everest, mais um dia! Um passo de cada vez em sua direção.” Não houve um dia sequer, mesmo nos mais desesperados momentos, que eu não desse este passo a frente, por menor que fosse”, relata o alpinista.

O conselho que ele dá aos outros? “Love the life you live, live the life you love” (Ame a vida que você vive, viva a vida que você ama).