Quem pratica stand-up paddle sabe que não basta ter equilíbrio para ficar em cima da prancha: há que ter força nos braços (para remar), nas pernas e no abdômen (para sustentar o resto do corpo).

Para isso, além do treino de força na academia, há algumas sequências de exercícios funcionais que podem aquecer para a remada, fortalecer e alongar seus músculos.

O craque Carlos Burle, do surfe, costuma fazer sua série em cima da própria prancha (antes de encaixar a quilha!).

Burle, aliás, está lançando uma prancha inflável –os amantes do SUP sabem a “missão” que é carregar aquela pranchona em viagens ou em destinos mais longínquos, já que a maioria delas é pesada e ultrapassa os 3 metros de comprimento.

Veja no vídeo abaixo:

Fruto de uma parceria com a Supflex, o modelo desmonta e pode ser levado em uma mochila (o kit todo pesa 15kg, incluindo a bomba manual para enchê-la em até dois minutos e o remo de alumínio tripartido e ajustável).

Feita de PVC, a prancha tem seu interior composto de fibras de nylon, além de um deque antiderrapante em EVA e uma quilha de encaixe e promete muita estabilidade.

“Posso usá-la como uma ferramenta de treino, para levar meu filho ou minha esposa para um passeio, para remar numa lagoa, num rio ou no mar. Por ser extremamente prática, ela permite que se explore todas essas possibilidades’’, conta o surfista, especializado em descer ondas grandes.

O modelo custa R$ 4.490 e suporta até 130kg.