Buscar ajuda de um terapeuta ou psicólogo é um passo importante para o autodescobrimento, crescimento pessoal e bem-estar emocional. No entanto, muitas dúvidas e equívocos podem surgir sobre quando é o momento de iniciar a terapia e qual é o seu papel na vida de alguém. Para esclarecer essas questões, conversamos com a Dra. Marina Vasconcellos, psicóloga e terapeuta familiar e de casal pela PUC-SP. Aqui estão algumas informações essenciais:

1) Posso buscar a ajuda de um psicólogo mesmo se não estiver enfrentando problemas específicos?

Marina Vasconcellos enfatiza que qualquer pessoa pode procurar um psicólogo quando quiser, mesmo sem um problema específico. Embora seja comum procurar ajuda terapêutica quando estamos enfrentando desafios, a terapia é também um espaço para autodescobrimento e compreensão pessoal. É um momento dedicado a si mesmo, onde você pode refletir sobre suas questões, ter um diálogo aberto e acolhedor com um profissional e manter a confidencialidade, um elemento-chave.

2) Qual a importância da terapia?

A terapia desempenha um papel crucial no desenvolvimento pessoal e emocional. Ajuda-nos a entender nossas emoções, a lidar com elas de maneira saudável e a evitar a somatização de problemas não resolvidos, que podem afetar nossa saúde física. Além disso, a terapia nos ajuda a melhorar nossos relacionamentos, nosso desempenho no trabalho e nossas relações afetivas. É um ambiente seguro e livre de julgamentos, onde podemos crescer e nos desenvolver como indivíduos.

3) Quais sinais sugerem que a terapia pode ser uma escolha benéfica?

Não é necessário ter sintomas específicos para buscar terapia. Muitas vezes, as pessoas procuram terapia quando enfrentam dificuldades na vida ou quando são recomendadas por amigos e familiares. A terapia pode ser uma escolha pessoal para se tornar uma pessoa melhor e mais consciente de si mesma.

4) Qual é o papel do psicólogo?

Segundo Marina, o psicólogo desempenha várias funções, incluindo ouvir, questionar, apresentar opções e perspectivas diferentes. Ele cria um ambiente onde a pessoa pode explorar suas questões e ver o mundo sob uma perspectiva mais ampla. O papel do psicólogo é acolher, sem julgamentos, e ajudar a pessoa a pensar, a se autoquestionar e entender o que precisa mudar em sua vida.

5) É necessário fazer terapia de forma contínua ao longo da vida?

Não, a terapia não é necessariamente um compromisso para a vida toda. Ela pode ser de curto prazo, focando em questões específicas, ou de longo prazo, explorando diversos aspectos da vida. A duração depende das necessidades individuais. A alta terapêutica é uma meta positiva, indicando que a pessoa está pronta para seguir adiante após um período de trabalho terapêutico bem-sucedido.

Em resumo, a terapia é um recurso valioso que pode ser buscado a qualquer momento para autodescobrimento, crescimento pessoal e superação de desafios. Não é necessário esperar até que um problema se torne insuperável; a terapia está disponível para apoiar e orientar em todas as fases da vida. Portanto, não hesite em buscar ajuda quando sentir que é a hora certa para você.

Leia mais sobre a relação entre saúde mental e autoestima.