*Por Carolina Azevedo, pesquisadora musical na Gomus

É engraçado ver a reação dos músicos gringos quando vêm pra cá e se deparam com um público tão intenso como o brasileiro. Cada vez mais, percebo uma mudança na percepção deles, que vêm escolhendo não somente tocar nas capitais e principais cidades do país, mas também em locais menores. Os festivais também andam cada vez mais comuns por aqui.

Esta primeira metade do ano de 2015 tem sido e ainda será cheia de shows –para nossa felicidade. Neste mês, tem show do City and Colour e do Chet Faker, o segundo já esgotado.

Mais pro fim de março, tem a quarta edição do Lollapalooza em São Paulo. Alguns dos artistas que vão pro festival também farão shows em outros lugares do Brasil, vale conferir.

Na mesma época, vai rolar um festival de jazz no Rio e em São Paulo, o Nublu Jazz Festival, que traz o Tricky, um dos nomes dessa corrente de músicos que vêm inovando e saindo de um gênero só.