O que não te contaram sobre o metabolismo depois dos 30

//O que não te contaram sobre o metabolismo depois dos 30

O que não te contaram sobre o metabolismo depois dos 30

“Antes dos 30 anos, comia de tudo e não engordava”. Já pensou ou ouviu alguém falar isso? Existe um motivo real para essa afirmação. Embora uma pessoa com 30 anos ainda seja jovem, não podemos negar que com o passar dos anos o nosso metabolismo tende a ficar mais lento. Isso acontece por vários motivos, os principais são:

Gastamos menos energia com o passar dos anos

A nossa taxa metabólica basal reduz progressivamente a partir dos 20 anos em média 1 a 2 % por década. Parece pouco, mas isso tem um impacto importante no nosso metabolismo com consequente maior predisposição ao aumento de peso.

Maior dificuldade para “queimar gordura”

Alguns estudos sugerem que com o passar dos anos podemos apresentar uma dificuldade maior para realizar oxidação das gorduras. O que predispõe ao maior acúmulo de gordurinhas.

Inatividade física

A partir dos 30 anos, com os compromissos profissionais e familiares, a tendência é que sobre menos tempo para a prática de atividades físicas e a nossa rotina nos torne cada vez menos ativos. Especialmente nas mulheres, a dificuldade em controlar o peso tende a ser ainda maior devido a situações de oscilações de peso como a gravidez e por ter menos massa muscular e menor taxa metabólica basal que os homens.

Todos esses fatores contribuem sim para que, caso não haja algum cuidado, ganhemos peso conforme os anos vão passando. Mas não desanime! É perfeitamente possível emagrecer depois dos 30 anos (e depois dos 40, 50 ou 60 também). Para facilitar esse processo, mantenha uma dieta balanceada e faça exercícios físicos que aumentem a sua massa muscular. Procure um endocrinologista para te orientar.

Lembre-se também que a beleza vai muito além do peso e envolve uma série de fatores como autoestima, maturidade, vaidade e autoconfiança. Desenvolver essas aptidões nos motiva a cuidar da alimentação e da saúde e, quem sabe, ter um corpo melhor aos 30/40 do que tinha aos 20. Eu, por exemplo, me sinto muito mais bonita e confiante aos 30 do que me sentia aos 20 anos.

Por |2019-09-25T14:53:51-03:0025/09/2019|