Você provavelmente já ouviu falar sobre o iogurte proteico, um alimento que ganhou fama entre os adeptos de treinamento físico e exercícios regulares. Mas afinal, o que torna o iogurte proteico tão especial? Nesta matéria, vamos explorar os benefícios desse alimento e como ele pode auxiliar quem busca melhorar seu desempenho e obter resultados satisfatórios nos treinos.

O poder da proteína

A proteína é um nutriente essencial para a construção muscular e a recuperação após o exercício. Quando treinamos, nossos músculos sofrem microlesões que precisam ser reparadas para que possamos nos fortalecer. É aí que entra a importância da proteína. Ela é composta por aminoácidos, os blocos de construção dos músculos, que desempenham um papel fundamental na regeneração muscular.

O iogurte proteico como aliado

O iogurte proteico é uma excelente opção na dieta. Segundo Sabrina Theil, nutricionista clínica, pós-graduada em Nutrição Funcional, Estética e Fitoterapia, o iogurte proteico é uma variante do iogurte tradicional que contém uma quantidade mais elevada de proteínas em comparação aos iogurtes convencionais. Ela explica que: “sua composição varia dependendo da marca, mas geralmente é feito a partir do leite, adicionando proteínas concentradas ou isoladas, como proteína do soro do leite ou proteína vegetal”. 

A nutricionista ainda diz que o iogurte proteico pode ser uma ótima opção conveniente para aumentar a ingestão de proteínas, especialmente se existir a dificuldade em atingir as necessidades proteicas apenas com a alimentação. Por isso, pode ser utilizado como estratégia de emagrecimento pelo aumento da saciedade e também no objetivo de ganho de massa, onde a ingestão de proteína é aumentada. Além disso, ele oferece muitos outros benefícios para quem treina.

Como inserir na dieta?

De acordo com Sabrina, podemos utilizar o iogurte proteico em alguns momentos do dia. Pode ser incluído no café da manhã, lanche da tarde ou até substituindo o jantar ou na ceia. Ele pode ser consumido puro, adicionado a frutas, granola, cereais ou utilizado como ingrediente em receitas, como smoothies, panquecas ou sobremesas saudáveis. “É necessário observar as informações nutricionais presentes na embalagem para saber a quantidade de proteínas, carboidratos, gorduras e calorias por porção, assim como possíveis aditivos ou açúcares adicionados” , esclarece a profissional. 

“No entanto, é importante ressaltar que o iogurte proteico não é adequado ou necessário para todos” pontua Theil. Ela explica que para pessoas com problemas renais ou hepáticos, que possuem restrições proteicas ou alergia a ingredientes específicos presentes no iogurte, devem evitar o consumo desse tipo de produto ou consultar um profissional de saúde antes de adicioná-lo à sua dieta.

A importância da alimentação equilibrada

Embora o iogurte proteico seja um alimento valioso para quem treina, é importante lembrar que ele não deve ser o único item em sua dieta. Uma alimentação equilibrada, composta por uma variedade de nutrientes, é fundamental para garantir uma boa saúde geral e um desempenho atlético otimizado. Além do iogurte proteico, é essencial incluir proteínas magras, carboidratos complexos, gorduras saudáveis, frutas, vegetais e outros alimentos nutritivos para obter todos os nutrientes necessários para o treinamento e recuperação adequados.