Intestino travou? Saiba o que pode causar o bloqueio

//Intestino travou? Saiba o que pode causar o bloqueio

Intestino travou? Saiba o que pode causar o bloqueio

Vamos conversar sem nenhuma vergonha: é difícil lidar com o funcionamento do intestino com mudanças na rotina e descontrole alimentar, não é verdade? Ir ao banheiro nem sempre acaba sendo algo natural como o organismo precisa que seja e esse bloqueio afeta até o nosso humor.

A forma como nos alimentamos é parte fundamental para entender o que atrapalha e facilita o funcionamento do sistema digestivo. De acordo com a nutróloga Nivea Bordin, da Clínica Leger, a alta ingestão de açúcares e farináceos refinados, carnes e embutidos deixam o nosso intestino cada vez mais parado. 

Aliar uma má alimentação ao sedentarismo é a chave para desacelerar o metabolismo. A nutróloga afirma que praticar atividades físicas ativa os movimentos peristálticos do intestino e favorece a necessária ida ao banheiro, além de diminuir os níveis de estresse e aliviar a sensação de ansiedade.

“Pessoas que estão numa situação de angústia acabam procurando por alimentos que têm mais açúcares. A glicose é a principal fonte de energia do cérebro e o consumo causa uma sensação de bem-estar, mas a ingestão de açúcar em grandes quantidades aumenta as chances da pessoa ficar constipada”, conta.

Gases fazem parte e são sinais importantes

A produção de gases intestinais tem total relação com o que comemos. Segundo Nivea, uma alimentação saudável e diversa mantém o pH intestinal ácido e isso previne a proliferação de bactérias ruins, diminui a flatulência e melhora a absorção de nutrientes no processo final da digestão. 

Do contrário, os alimentos ricos em farinhas, a carne vermelha e açúcares fermentam no intestino e formam um pH alcalino. O indicador básico faz com que a flora patógena se desenvolva nesse meio, sintetizando inúmeras toxinas através da fermentação e ocasionando a prisão de ventre.

Além da flatulência, ansiedade, depressão, inchaço, abdômen estufado, dor de cabeça e cansaço podem ser alguns dos sintomas clássicos de que o intestino não anda nada bem. Nesse caso, é necessário procurar orientação médica, prestar mais atenção na alimentação e evitar a automedicação. 

É necessário ir ao banheiro quantas vezes ao dia?

Nivea aponta que tudo é uma questão de hábito e que varia de organismo para organismo, mas o ideal é uma vez ao dia. “É o saudável, mas têm pessoas que o organismo toda a vida foi de ir duas vezes por dia ao banheiro e não tem problema”.

E essa avaliação varia de homem para mulher também. A nutróloga explica que o metabolismo masculino é mais acelerado que o feminino e isso é uma característica natural. As mulheres possuem oscilações hormonais mais frequentes ao longo da vida ocasionadas por períodos menstruais, gestação, amamentação e menopausa. Por esses motivos, elas precisam ficar mais atentas a glândulas produtoras de hormônios como a tireoide, por exemplo, que ajudam no funcionamento de outras células do corpo.

Hidratação e boas fontes nutritivas 

Normalmente, quem se exercita bebe mais água e busca comer bem e regularmente, mas isso não é uma realidade de muita gente. Pra quem está iniciando um estilo de vida mais saudável e ainda quer se livrar da famosa prisão de ventre, temos dicas preciosas que vão ajudar bastante:

1- Beba muito líquido! Água, sucos naturais e chás são ótimas fontes de hidratação e ajudam no processo de digestão;

2- Varie nas fontes de nutrição. Frutas, verduras, legumes e cereais ajudam no trânsito do alimento no trato intestinal;

3- Mastigue bastante a comida antes de engolir. Sem a mastigação, o alimento fica mais tempo no estômago e a absorção dos nutrientes será prejudicada;

4- Se você fica muito tempo sentado, tente levantar uns minutinhos e movimente-se. Ficar longos períodos na mesma posição não é bom para os movimentos do intestino;

5- Evite bebidas alcoólicas e o cigarro. O álcool torna o pH da flora intestinal alcalino e o tabaco prejudica a metabolização da vitamina C, que é tão importante para o sistema imunológico.

Por |2020-08-05T11:37:07-03:0005/08/2020|