Guia do whey protein: tudo que você precisar saber

//Guia do whey protein: tudo que você precisar saber

Guia do whey protein: tudo que você precisar saber

Conhecido no mundo dos esportes e figura fácil nas academias, o whey protein é um item indispensável na mochila de treino. Em pó, ele pode ser preparado em qualquer lugar, antes ou depois da atividade. O problema é que a fama dos suplementos proteicos se espalhou, mas as informações sobre o que são, como consumi-los e quais tipos de whey são ideais para cada objetivo ainda não chegaram para todos e por isso sempre surgem tantas dúvidas. Pensando nisso, nós conversamos com a Nívea Bordin Chacur, nutróloga da Clínica Leger, para entender os benefícios do whey protein, melhores horários para consumir, como preparar e muito mais.

Blog BT: O que é whey protein? Ele é composto por quais ativos/ingredientes geralmente?

Nívea: Whey protein é o suplemento mais consumido no mundo do esporte. Normalmente em pó, ele é usado para repor proteínas de forma concentrada. Essas proteínas são extraídas do soro do leite da vaca, de vegetais e de carnes. Na composição, é possível encontrar gorduras, carboidratos, fibras, vitaminas, micronutrientes e aminoácidos. É importante ficar claro que é preferível sempre alimentos ao whey protein. O whey é para aqueles momentos em que você não tem o tempo para parar e preparar uma refeição rica e variada depois do treino. Ele é sempre uma opção mais prática. 

Blog BT: Quais são os principais tipos de whey? Qual a diferença entre eles?

Nívea: Os principais tipos são de origem animal (carne e soro do leite) e vegetal. Entre os suplementos de origem vegetal mais qualificados,  estão os que têm proteína isolada de ervilhas, amêndoas, batatas em adição de açúcar e adoçantes artificiais. São livres de lactose, glúten e caseína. O whey protein concentrado se obtém da primeira fase de ultrafiltração do soro do leite. Normalmente é mais barato. Já o whey isolado é submetido a um processo mais puro de filtração e é recomendado para pacientes que têm intolerância à lactose. Devido ao seu baixo teor de carboidratos e gordura, é mais indicado para quem quer perder peso. O whey hidrolisado é a proteína mais cara de todas. Ele passa por um processo de hidrólise para ficar mais fácil de ser digerido.

Blog BT: Como reconheço qual é o melhor tipo na prateleira? Preciso ficar atento a que no rótulo para decidir?

Nívea: Devemos avaliar vários pontos. Se a pessoa precisa perder peso, o ideal é um whey isolado. Se você tem mais idade e precisa repor nutrientes e peso, além de aumentar a massa muscular, indicamos um whey que tenha carboidratos. O mesmo acontece para o paciente vegano ou com doença renal crônica. O importante é procurar um profissional qualificado para orientar o consumo específico para aquele individuo, de acordo com as suas características e o que deseja obter com o consumo.  

Blog BT: Quais são os benefícios de usar whey? Como ele atua no nosso organismo?

Nívea: Hoje a alimentação estimulada pela indústria alimentícia é baseada em carboidratos. A ingestão de carnes vermelhas, frango, ovos e peixes ainda é baixa devido ao preço, tempo de preparo e até pela dificuldade de mastigação, por exemplo. Por isso, ter em mãos uma proteína de alta qualidade em pó, que você coloca em uma garrafinha quando necessário e consome, facilita muito e melhora a composição corporal.

Blog BT: Existem alguns mitos sobre whey protein, certo?  Se sim, quais são eles para não repetirmos mais por aí?

Nívea: Sim, existem. A maioria da população pensa que o whey é consumido somente pelos bombados de academias e já criam um preconceito. Mas, pelo contrário, crianças a idosos têm indicações de consumo, por exemplo, com inúmeros ganhos, como já citamos acima.

Blog BT: Quais são as melhores formas de usá-lo: horário e modos de preparo?

Nívea: Pode ser usado em todos os horários do dia. Tomar gelado, natural ou misturado na comida quando necessário. Claro que quando o paciente tem um objetivo, como por exemplo, hipertrofia, ele vai usar whey protein duas vezes por dia, para repor as proteínas e gerar o crescimento muscular. Nesses casos, é bom sempre após o treino. Para deixar o whey mais saboroso você pode misturar frutas, água de coco, castanhas, leite… Mas nunca esqueça do objetivo para não gerar muitas calorias sem necessidade.

Blog BT: Ele é contraindicado para algum grupo? Por quê?

Nívea: É contraindicado para pessoas que têm alergia aos componentes e pacientes com insuficiência renal, por exemplo. Indicamos, sempre que possível, que o paciente opte pelo alimento. O ovo, por exemplo, é uma excelente fonte de proteínas e nutrientes, além de oferecer alta absorção proteica pelo nosso corpo. 

Por |2019-08-16T12:48:52-03:0015/08/2019|