Escritora volta a ouvir graças à tecnologia

//Escritora volta a ouvir graças à tecnologia

Escritora volta a ouvir graças à tecnologia

A escritora e blogueira Paula Pfeifer começou a perder a audição na infância. Aos 31, chegou à surdez bilateral profunda. Foi quando começou a pensar na possibilidade de fazer um implante coclear –uma espécie de ouvido biônico. Segundo Paula, é a única cirurgia que existe hoje no mundo capaz de restaurar um sentido humano. 

A nova fase, cheia de (re)descobertas –não é raro Paula reconhecer um som antigo–, passa também pela academia. Em uma das idas à Bodytech Copacabana I, ela descobriu que poderia conectar o mini mic (um tipo de microfone) e pareá-lo com a esteira.

“Foi superlegal. Eu ligo na esteira, e todo o som vem direto para o meu cérebro. Ou seja, fico caminhando ouvindo apenas o som da TV, pois ele fecha todo e qualquer outro ruído. Fica parecendo que tenho a academia inteira só para mim. Também uso para ouvir música sem fio e confesso que quando vejo outros alunos com fones gigantescos ou pequenos cheios de fios, fico rindo sozinha”, diverte-se.

Paula contou tudo no seu blog e nos seus dois livros, “Crônicas da Surdez” e “Novas crônicas da surdez – Epifanias do implante coclear” (ambos da Plexus Editora).

Por |2018-11-07T20:39:10+00:0029/10/2015|

Sobre o Autor: