Descubra os benefícios da aromaterapia

//Descubra os benefícios da aromaterapia

Descubra os benefícios da aromaterapia

O estresse e a vida corrida têm impulsionado cada vez mais o crescimento de terapias que prometem trazer equilíbrio e bem-estar ao dia a dia das pessoas. Entre as alternativas, está a aromaterapia, uma terapia complementar que usa óleos essenciais e pode garantir benefícios como o controle da ansiedade, por exemplo. Segundo estudo, 226 mil toneladas de óleos desse tipo foram comercializados no mundo em 2018, e a projeção é que isso tenha aumentado desde então.

De acordo com a Mayra Castro, presidente da Associação Brasileira de Aromaterapia e Aromatologia (Abraroma), os óleos essenciais são substâncias sintetizadas por plantas aromáticas, como lavanda, alecrim e camomila. “Eles possuem princípios ativos que agem tanto fisiologicamente quanto psicologicamente em nosso organismo,” explica.

Por ter origem direta na natureza, Mayra acredita que a aromaterapia tende a deixar ensinamentos que extrapolam a questão dos benefícios dos OE.  “A aromaterapia é um trabalho de gerenciamento da saúde e bem-estar, uma prática de autocuidado. Além disso, quem estuda e passa a usar os óleos tende a gerar consciência ambiental e desenvolve uma postura mais ativa em relação à preservação da biodiversidade e dos ecossistemas naturais,” defende.  

Aromaterapia na prática

As duas principais formas de explorar os óleos essenciais são a inalação e aplicações na pele, embora haja outras formas. Segundo Mayra, a inalação pode ser feita diretamente ou aplicando-se o óleo no ambiente. 

De acordo com ela, principalmente para quem não tem o costume, é mais seguro começar através da inalação. Coloque, por exemplo, 3 a 10 gotas do óleo essencial em um aromatizador de ambientes. “O conselho mais importante é usá-los com parcimônia e por pouco tempo, já que são substâncias que concentram os princípios-ativos voláteis de vários quilos de uma mesma planta”, reforça.

Como afastar a ansiedade em tempos de pandemia

No fim do dia, usar os óleos em um aromatizador de ambiente pode ajudar a diminuir a ansiedade e trazer mais equilíbrio dos sentimentos nesse momento. A lavanda é uma possibilidade. Uma pesquisa realizada pela Universidade de Miami, nos Estados Unidos, testou o óleo em banhos de bebês e os resultados mostraram uma redução nos níveis de cortisol, o hormônio do estrese, tanto nas mães quanto nos nenéns.

 “Basta escolher um OE puro, de boa procedência e do qual você goste. Além disso, muitas marcas de aromaterapia oferecem produtos prontos, como roll-ons à base de misturas de OEs, que podem ser aplicados nos pulsos ou no pescoço, como um perfume”, aconselha a presidente da Abraroma.

Para quem pratica exercícios, a fricção de um óleo de massagem é a forma mais usada por atletas antes e depois dos treinos. Os óleos, segundo ela, são capazes de estimular a circulação sanguínea e podem auxiliar no combate às dores musculares.

“A dica é comprar óleos de massagens prontos das marcas de aromaterapia. E, sobretudo, não aplicar os OEs sem diluição na pele, pois muitos podem gerar irritações. Os OEs sempre devem ser previamente diluídos em bases carreadoras, como cremes neutros, por exemplo, antes de serem aplicados na pele,” esclarece.

Ficou com vontade de experimentar? Comece aos poucos, pesquise bastante em fontes confiáveis e tire suas dúvidas com um profissional de saúde, caso sinta necessidade.

Por |2020-06-15T13:57:35-03:0015/06/2020|