Cuidado com o álcool em excesso após uma sessão de treino forte!

//Cuidado com o álcool em excesso após uma sessão de treino forte!

Cuidado com o álcool em excesso após uma sessão de treino forte!

Powered by Rock Convert

*Por Sérgio Maurício, ortopedista

Sabemos que beber um ou duas long necks de cerveja depois do seu treino jamais te fará mal (desde que consumidas junto com água). Elas ajudam até a relaxar! Porém, no verão, os exageros são mais tentadores, e, no calor do Rio de Janeiro, fica muito mais fácil passar da dose.

Consumir álcool em excesso logo após uma dura sessão de treino ou corrida pode atrapalhar sua recuperação por contribuir com a desidratação, interferir na síntese de glicogênio e prejudicar a cicatrização.

O álcool é um diurético, por isso faz com que seu corpo perca mais líquido do que quando opta pelas bebidas não-alcoólicas. A desidratação resultante pode deixá-lo cansado, com dor muscular ou lesões no dia seguinte. Quem já treinou assim no dia seguinte sabe o que estou dizendo!

O álcool também pode interferir com a síntese de glicogênio, nossa principal fonte de energia. No fígado, ele inibe dramaticamente a ressíntese das reservas de glicogênio e, no músculo, prejudica seu armazenamento. Com isso, deixa a pessoa predisposta a lesões musculares, tendíneas quando os exageros se tornam um hábito. Nos ossos, interfere no metabolismo do cálcio, o que predispõe às fraturas por estresse!

*Sérgio Maurício é ortopedista, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia do Joelho e da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte. Corredor de Maratona e meia-maratona, é também praticante de triatlhon olímpico e concluiu seu primeiro meio-ironman no Rio de Janeiro, em novembro de 2016. Pratica natação, musculação e Indoor Cycle na Bodytech.

Por |2018-11-07T20:35:48-02:0013/01/2017|

Sobre o Autor: