Conheça Nevada City, o vilarejo hippie da Califórnia

//Conheça Nevada City, o vilarejo hippie da Califórnia

Conheça Nevada City, o vilarejo hippie da Califórnia

 

Hoje escrevo para vocês o meu último post sobre a Califórnia. O primeiro deles foi um roteiro de carro pela HW1 , o segundo, sobre dicas de como aproveitar Lake Tahoe e as hot springs da região fora do inverno. Agora conto como foi minha estadia em Nevada City e seu lindo rio, o Yuba.

Nevada City é um vilarejo hippie (chic) que fica no norte da Califórnia, no condado de Nevada. É um destino pouco turístico e vale a visita pra quem estiver em São Francisco (CA) ou Reno (Nevada) e quer ter um contato real com a cultura local, afinal, quase não se encontra estrangeiros por lá. A maioria da população é de californianos que foram para a região atrás de uma vida mais alternativa e menos estressante. Sugiro esse roteiro para quem gosta de conhecer lugares mais simples e com contato direto com a natureza, mas ainda sim com boas opções de restaurantes e eventos culturais.

Boa comida, vinhos e shows

Rodeada por floresta, esta cidadezinha de lindas casas da era vitoriana e ruas de três faixas localiza-se 98 quilômetros ao norte de Sacramento e é uma das mais bonitas de Gold Country. Fundada originalmente em 1849 como campo de mineração, Nevada City apresenta um centro bem conservado, com prédios históricos. A cidade é muito charmosa e apesar de pequena possui muitas opções culturais.

Os moradores dessa região são pessoas geralmente ligadas a natureza e que prezam muito pelo bem-estar físico e mental (é proibido fumar cigarro na cidade) e são especialmente simpáticos e felizes. Facilmente você encontrará eventos de yoga, meditação, dança etc. Lá existe o mais antigo espaço da Califórnia construído para performances ainda em funcionamento: o Nevada Theatre, de 1865, e os maiores espetáculos norte-americanos até hoje passam por lá. Logo na esquina, na Main Street, é o endereço de um pequeno museu histórico, onde cestas de cozimento feitas por índios Nisenan são exibidas ao lado de artefatos dos primeiros moradores e pioneiros chineses.

Prédios impecáveis do século 19, com varandas de madeira, são agora restaurantes, lojas de presentes (para quem gosta de natureza, procure por tesouros na The Earth Store), salas de degustação de vinho e antiquários. Existe também o Farm Market da cidade onde você encontra artesanato e alimentos agrícolas orgânicos produzidos de forma sustentável pelos fazendeiros locais.

Durante o dia, o meu passeio preferido era nadar no Yuba river, que é um rio com cachoeiras de água verde esmeralda lindíssimo.

Existem algumas piscinas naturais que são mais frequentadas pelos moradores que se reúnem na beira do rio para tocar instrumentos, nadar, conversar, fazer piquenique… enfim, curtir a linda natureza ao redor. Vá de mente aberta e não se assuste se estiver alguém nadando sem roupa ou fazendo top less rs. O clima na região é bem leve e livre! As pessoas se respeitam muito e não sexualizam tanto a nudez. Vá sem preconceitos e amarras e conheça muita gente que ama a natureza, fazer esportes, se alimentar bem e adquirir conhecimento.

Cheguei nessa região sem saber muito o que encontrar e me apaixonei pela cidade que apesar de ser pequena, e parecer pacata, tem muito a oferecer em estrutura e principalmente em qualidade de vida.

 

Aqui você encontra informações sobre onde se hospedar e a agenda cultural local. 

Por |2018-06-18T09:00:00+00:0018/06/2018|

Sobre o Autor: