Como não perder massa magra no Carnaval

/, Treino/Como não perder massa magra no Carnaval

Como não perder massa magra no Carnaval

O Carnaval já está batendo à porta. Alguns aproveitam o feriado para viajar e relaxar, mas pra quem ama essa festa, é hora de cair na folia! Para minimizar os efeitos da festa no corpo, e principalmente no seu índice de massa magra, um endocrinologista explica o que fazer e o que não fazer.

Junto com a vontade de curtir os bloquinhos, surge também a preocupação em jogar todo o esforço dos outros meses dentro da academia fora. É que nesses dias a gente acaba alterando toda a rotina, freando o ritmo dos treinos e fugindo da dieta. O endocrinologista Francisco Tostes explica que a construção e manutenção de massa muscular requer disciplina nos exercícios, na alimentação e no sono, e não ter uma rotina bem estabelecida pode sim comprometer os seus resultados.

Mas nada de desespero! O Carnaval é um período atípico e é supersaudável se permitir e aproveitar bons momentos. Para driblar essa autosabotagem com seu projeto fitness, reunimos algumas dicas que vão fazer você curtir essa época sem preocupações.

No café da manhã, escolha alimentos que forneçam energia por mais tempo, como carboidratos complexos, gorduras boas e proteínas magras. Boas opções são: frutas, grãos integrais e castanhas. É importante saber que aumentar a quantidade de alimentos ingeridos não necessariamente gera uma maior disposição. A dica é evitar comidas gordurosas, que podem apresentar uma digestão difícil e te deixar mais sonolento. Aposte em uma alimentação leve e beba muita água!

Um bom folião sabe que o Carnaval é quase um sinônimo de noites mal dormidas. Mas a gente precisa dizer: o sono também é fundamental para garantir a manutenção da massa magra. O que fazer? Tire aquele cochilo entre os blocos! Uma dormidinha de 10 a 20 minutos já pode ajudar o corpo a se recuperar em períodos que o sono está atrasado. “Obedeça os sinais que seu corpo manda e descanse quando necessário”, reforça Francisco Tostes.

O álcool é a grande preocupação da maioria dos apaixonados por Carnaval. Um exagero na quantidade de bebida alcoólica pode gerar desidratação, que nada combina com o ritmo frenético desses dias. Tostes esclarece como esse efeito atinge o organismo: “O álcool inibe o hormônio antidiurético (ADH) e seu consumo excessivo faz com que a pessoa urine muito mais vezes, perdendo mais água. A água é importante, por exemplo, para que o sangue flua bem e leve os nutrientes para os músculos. Além disso, o álcool prejudica a síntese de proteína muscular.”

Além da desidratação pelo excesso de álcool, o calor característico desses dias também contribui com a perda de água através do suor e da transpiração. Um dos primeiros sintomas de falta de água no organismo é o cansaço e a fraqueza.

A orientação para acompanhar o ritmo da bateria e curtir o Carnaval até o fim é: não se esqueça da água! Tenha sempre uma garrafinha junto com você e aproveite muito a festa!

Por |2019-03-01T13:36:22-03:0027/02/2019|