Muitos jovens adultos, que estão na casa dos 20 anos, acabam sentindo dores fortes no corpo, incongruentes com a sua idade. Afinal, essas dores costumam aparecer na idade mais avançada, por conta do envelhecimento natural do corpo. Dessa forma, não é comum chegar nessa fase da vida sentindo tantos incômodos. Inclusive, é indispensável que comece a prestar atenção aos sinais do corpo, pois essas dores podem indicar uma falta de cuidados com a sua saúde. 

Então, descubra quais são as possíveis causas dessas dores constantes nessa fase da vida e como é possível tratá-las. Confira abaixo!

Muita dor no corpo durante a juventude 

A principal dor que acomete jovens-adultos, de 18 a 25 anos, é a dor muscular, que está relacionada ao estilo de vida. Alterações posturais, por conta das horas de trabalho sentado, musculatura fraca, sedentarismo e obesidade são fatores de risco que podem causar um desequilíbrio mecânico na coluna, tendo como consequência, a médio e longo prazo, as dores musculares em excesso.

Se a musculatura não está bem condicionada, para suportar a carga e amortecer o impacto, as outras estruturas do corpo acabam sendo sobrecarregadas mecanicamente. Então, nessa faixa etária, a gente pode começar a observar um início de desgaste do corpo por conta do estilo de vida dos jovens adultos.

Como é possível tratar as dores no corpo?

De acordo com o médico ortopedista especialista em coluna vertebral, Dr. João Paulo Bergamaschi, existem algumas formas de conseguir controlar as dores e tratar os problemas que causam esses incômodos: “a dica crucial é corrigir a postura e manter a musculatura bem condicionada. Está com dor? Alongue o corpo, estique os braços para cima, se alimente bem e corretamente e tenha um sono regulado”.

O doutor explica que a dor é a repercussão de alguma coisa que está errada no nosso corpo, sendo necessário identificar a causa do problema, para conseguir tratar de forma mais assertiva. “E isso, na grande maioria das vezes, principalmente nessa faixa etária, requer uma mudança no estilo de vida”, informa. 

Ele ainda acrescenta que “um indivíduo sedentário precisa começar a fazer atividade física para melhorar a sua saúde e, assim, conseguir diminuir as dores. A mudança de estilo de vida é um ponto crucial no tratamento da dor de uma forma geral, junto com tratamentos medicamentosos, recomendados para aliviar a dor”.

O especialista também comenta sobre a gravidade desses incômodos: “essas dores não indicam necessariamente um problema crítico, mas normalmente estão associadas a alguma falta de cuidado com a saúde. Entretanto, caso a dor seja persistente, muito forte e tenha perda de força e sensibilidade muscular, o recomendado é procurar um especialista com urgência”.

Solução para os jovens adultos se movimentarem

Incluir uma atividade física na rotina de maneira regular não é uma tarefa fácil. Atividade física é para vida toda e não tem como mantermos algo que não gostamos. Então a primeira dica para você começar a se movimentar é fazer aquela atividade que te dá mais prazer. Se você ainda não sabe do que gosta, não tem problema! Experimente. Se não gostar, parta para outra, até encontrar aquilo que realmente o faça sair do sofá e se mexer.

Além de escolher uma atividade física, você precisa adotar hábitos diferentes. Realize algumas mudanças possíveis como: deixar o carro na garagem e realizar atividades caminhando; trocar o elevador pela escada; fazer alongamentos diários; ou uma leve caminhada ao final do dia.

Comece hoje mesmo a transformar a sua vida através do movimento!