*Por Carolina Marques, nutricionista consultora Bodytech Rio de Janeiro (Rio Sul, Tijuca, Leblon – Gal.Urquiza e Leblon – Ataulfo 467)

Os hábitos alimentares de uma pessoa se formam na primeira infância, momento em que os pais têm papel fundamental na apresentação dos alimentos a seus filhos. Assim, precisamos nos conscientizar e ter noção da grande responsabilidade sobre as escolhas alimentares deles.

É naquele momento que devemos estimular o consumo de frutas, verduras e legumes, visto que hábitos alimentares distorcidos vão sendo assimilados progressivamente, principalmente na fase pré-escolar, na qual a criança passa um período longe da família e começa a ter contato com hábitos alimentares de amigos.

É importante observar a ingestão de nutrientes (como cálcio, ferro e zinco, dentre outros), pois eles são grandes influenciadores no ritmo de crescimento e desenvolvimento, e também atentar para o consumo excessivo de refrigerantes, refinados e guloseimas.

Não compense a refeição oferecendo mamadeira ou biscoitos. Se a criança não quiser comer, retire o prato da mesa. Assim que ela tiver fome e pedir outro alimento, ofereça o prato de comida novamente.

A dica é fazer pratos coloridos e variar as preparações para estimular o apetite.

Importante lembrar de nunca oferecer um alimento como recompensa ou prêmio. Assim, você evita a supervalorização de uma alimento não saudável.

Estimule também a prática de atividade física. Se esta começa na infância tende a permanecer na vida adulta.

E lembre-se: a educação nutricional na infância começa na escola e em casa. Seja você um exemplo de boa alimentação para seus filhos!

Quando conseguimos incorporar bons hábitos desde a infância, diminuímos as chances de doenças na vida adulta!