5 coisas que sabotam sua rotina de exercício

//5 coisas que sabotam sua rotina de exercício

5 coisas que sabotam sua rotina de exercício

Onde eu estou errando? Se você chegou aqui, com certeza já se fez essa pergunta uma ou várias vezes. Realmente, praticar exercício de forma natural, como um hábito, parece uma tarefa muito difícil, às vezes quase impossível. Mas na verdade não é! Depende da sua perspectiva. Para te ajudar a ficar bem atento ao que você pode estar fazendo para sabotar sua própria rotina, fizemos uma lista do top 5 erros mais comuns. Quem nos ajudou foi o Eduardo Netto, nosso diretor técnico e professor de Educação Física com mais de 25 anos de experiência.

1 – Só se exercitar quando você tem tempo livre

Só se animar para o treino nos dias em que você está tranquilo não é aconselhável. Porque dependendo da sua rotina, isso pode ser bem raro.  Qualquer 20 ou 30 minutos estão valendo! A gente se preocupa tanto com a quantidade de exercícios que termina sem fazer nenhum. Várias pesquisas recentes indicam que pequenas doses de exercícios durante o dia podem ser suficientes para que você alcance seus objetivos. Falta de tempo é a desculpa que as pessoas mais usam para ficar no sedentarismo, de acordo com um estudo publicado no Fitness Journal, de 2010. Então, marque o horário  do treino como se fosse um compromisso na agenda e seja feliz.

2 – Desistir nas primeiras semanas

Não é papo de personal trainer. Fisiologicamente falando, você precisa de um tempo para o seu corpo se acostumar com a prática de exercicío e até sentir falta dele. Repetir, repetir e repetir é o segredo. Nos três primeiros meses, tente treinar sempre no mesmo horário e se ‘’obrigue’’ a cumprir o que combinou com você mesmo. Outro conselho é se preparar para não dar certo sempre. Às vezes, apesar do seu planejamento, você não vai conseguir fazer. Lidar com isso e seguir no dia seguinte é fundamental. Esteja preparado para as barreiras do dia a dia.

3 – Dormir pouco e mal

Depois de uma noite mal dormida, é difícil ficar de pé e bem disposto. Já parou para pensar se isso não acontece todo dia com você? Dormir mais cedo, se preparar para uma noite bem dormida, descansar no fim de semana… Tudo isso é importante para manter a disposição. Não há motivação fitness que sobreviva a tanta privação de sono.

4 – Insistir no que você já sabe que não gosta

Eu odeio musculação, mas vou tentar pela milésima vez: isso pode ser uma cilada. Por que não tentar outra possiblidade? E mesmo que você goste do que faz, é bom mudar um pouco.  Dance, faça yoga, alongue, nade. Experimente  o conceito de cross training, uma combinação do treinamento aeróbio com o de força. Se você é daqueles que aperta um botão na esteira  e treina sem parar por 30 a 40 minutos, corra por apenas 15 minutos e, em seguida, faça exercícios de força na sala de musculação e depois volte à esteira. O importante é mudar de vez em quando para seu corpo e sua cabeça reagirem melhor aos treinos

5 – Deixar a preguiça te dominar todos os dias

Vão ter dias mais difíceis, mas isso é normal. Quando bater aquela preguiça e falta de motivação, vá à academia nem que seja para conversar e trocar ideia.  O importante é que aquele horário que você escolheu seja o momento do exercício. Pegue leve, escolha uma playlist gostosa, alongue ou ande.  Faça qualquer coisa só para manter a rotina.  Converse com o seu professor para ele te motivar e dar alternativas de exercício, mas não desista!

Por |2020-10-27T15:39:37-03:0027/10/2020|